quarta-feira, 29 de julho de 2009

Rumores

existem rumores de uma possível aliança para o governo do estado do Paraná entre PT, PMDB E PDT, com isso poderemos ter Osmar dias e Beto Richa juntos no governo estadual, Dilma presidenta e com Requião no senado, vai ter muito politico órfão de Pai e Mãe, de quebra viúvo na politica do paranaense nas próximas eleições.
Para o Paraná não poderá acontecer coisa melhor.

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Lula

Pela coragem de inovar onde todos desacreditavam, por colocar o Brasil no rumo do crescimento, e por ter 80% de aprovação popular, onde nenhum outro fez, ele teve a coragem de fazer, não ficou só na promessa.

Fim do Senado


Depois que o presidente LULA saiu em defesa do ex-presidente da republica e presidente do senado José Sarney, Tarso Genro iniciou uma campanha de protesto carregando a bandeira do FIM DO SENADO, são os bastidores da politica mostrando que a próxima campanha a presidente tem tudo pra ser um embate sensasional, esperamos que o brasil comesse a ganhar com o envolvimento de toda sociedade tendo a conciência da importancia da participação geral, porque com a eleição de politicos como esses que vemos nos noticiarios a todo momento não tem pais que aguente, e cidadão que suporte tanta corrupção e troca troca.

Astorguenses Fazendo Fama

Banda OCESCOL aqui de Astorga, fotos do show em curitiba no Opera1, a molecada deu o que falar nesse show, valeu, Astorga sempre revelando talentos.

Agenda de Shows:
19/07 Tribo's Bar(Maringá)- Ocescol + bandas
25/07 Opera 1 (Curitiba)- com Cueio Limão
09/08 Pubfiction (Maringa)- Ocescol + bandas
29/08 Tribo's Bar(Maringá)- com Fistt
30/08 Cascavel - Ocescol + Fistt e bandas
06/09 Hangar Bar (Curitiba)- Ocescol + Bandas





























sexta-feira, 24 de julho de 2009

Serra critica política econômica, mas defende o BNDES

SÃO PAULO - O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), criticou hoje a política econômica do governo federal, mas fez ressalvas ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que recebeu elogios por sua política de financiamento de obras de infraestrutura no País, especialmente na área de transporte. "Todo o Brasil sabe que eu tenho divergências sobre a política econômica do governo federal, que, em seu conjunto, tem partes corretas e partes erradas", afirmou o governador. "A errada é a política monetária e de câmbio, que, aliás, prejudica as atividades de produção de bens e equipamentos porque a indústria se torna pouco competitiva. O estrangeiro cada vez mais pode vender mais barato ao Brasil porque o dólar tem um valor irreal, e isso está acontecendo de novo", disse Serra.

"Agora, tem o lado certo da política econômica do governo, e um desses aspectos é a política do BNDES. Queria publicamente aqui congratular a ação que o banco vem fazendo sob a presidência de Luciano Coutinho. Não estou dizendo isso porque o Luciano é meu amigo, colega da Universidade de Campinas e estudou na mesma universidade que eu nos Estados Unidos. Estou fazendo uma homenagem que faria a uma pessoa como homem público, pelo trabalho que vem fazendo", declarou.

O Zé Serra até criticanso é ruin, enquanto todo o mundo direciona a atenção para o Brasil como futura potência mundial, o Serra me sai com essa de que a poitica econômica do governo é ruim.
Não vai ser fácil o Serra como candidato ao Governo Federal segurar uma aprovação do Governo Lula de 8o% fazendo campanha em favor de Dilma.

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Dima Russef


Já não é mais segredo para ninguém que a Ministra Dilma será a candidata à Presidência da República
pelo Partido dos Trabalhadores(PT).
São as voltas que a vida dá, na década de 70 foi perseguida, presa e exilada, voltando ao Brasil graças à anistia dado pelo Governo Figueredo, retornou ao quadro politico depois da eleição do então Presidente LULA.
Hoje segundo pesquisas a aceitação da candidata Dilma gira em torno dos 22%, e com certeza dará trabalho.
Antes que me perguntem tenho muita simpatia pela candidatura da Ministra, quem conhece a história sabe que coragem não lhe falta.

domingo, 19 de julho de 2009

Adeus Henriqe Siena

Nos deixou nesse sábado, e subiu para o andar de cima, o grande amigo e companheiro Henrique Siena, antigo morador e comerciante que aprendemos desde crianças o caminho de seu estabelecimento, qualquer coisa que faltava em casa, busca no "Henrique" dizia a mãe. E assim cresceu o mercado e junto com o bairro ,nós moradores assistimos a esse crecimento como expectadores. Por isso aprendemos a admirar a coragem e perseverança do comerciante que dia pós dia, pela manhã, abria seu comércio, sete dias por semana, podem ter certeza que o Amigo Henrique foi; mais deixa saudade nos familiares e amigos.
O que chocou foi a forma covarde e brutal como tudo aconteceu, depois de receber voz de assalto, foi alvejado e morreu no hospital, tudo isso aconteceu por volta das 22.30h desse sábado(18), não temos muitas informações a respeito do acontecido, mais isso se torna até irrelevante frente a perca desse companheiro.

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Sarney Chora as Pitangas

Sarney diz que é perseguido pela imprensa; discurso foi feito para plenario vazio.


Sarney se diz perseguido e afirma que, contra injustiças, só silêncio e tempo
Sarney se diz perseguido e afirma que, contra injustiças, só silêncio e tempo.

Sarney se defendeu afirmando que jamais praticou um ato que não fosse amparado em sua conduta ética. "Meu trabalho exige a sedimentação de uma profunda consciência moral de minhas responsabilidades, a obstinada decisão de não cometer erros e jamais aceitar qualquer arranhão nos procedimentos éticos que devem nortear minha conduta. Não são palavras. São 50 anos de assim proceder."

Ele ainda citou palavras do filósofo Lucius Aneu Sêneca: "As grandes injustiças só podem ser combatidas com três coisas: silêncio, paciência e tempo".

O Sarney não enfrentou grandes constrangimentos. Entre os senadores presentes estavam Álvaro Dias (PSDB-PR) e Cristovam Buarque (PDT-DF), integrantes do grupo suprapartidário que ocupou a tribuna para cobrar a saída do peemedebista do cargo.

Dias criticou a resistência de Sarney em permanecer no comando da Casa, o que traria constrangimento e descrença aos 81 senadores. "Eu que tenho muitos anos de mandato, inclusive mandato parlamentar, jamais passei por momentos de tamanho constrangimento como tenho vivido agora em razão da descrença que se generaliza em relação a esta instituição no país."

O senador pediu que Sarney não permita que seus aliados tratorem as denúncias apresentadas contra ele no Conselho de Ética por quebra de decoro parlamentar. O tucano chamou de "deboche" as indicações governistas e disse que um julgamento honesto será essencial para manter a biografia conquistada até hoje pelo peemedebista.

"O Conselho de Ética não pode desmoralizar ainda mais esta instituição. Eu fico refletindo sobre quais as razões de determinadas indicações. É uma tentativa de se vingar do Senado? É uma tentativa de se debochar do Senado?", questionou.

Em reposta à declaração de Sarney de que esteja sendo vítima de injustiça, Dias afirmou que prefere ser injusto, mas preservar a Casa. "Entre condenar a instituição e condenar o parlamentar, por mais expressivo que ele possa ser, é preferível condenar o parlamentar. Estamos preocupados agora, senhor presidente, com o Conselho de Ética. Vossa Excelência, como presidente, que vem nesta sexta-feira, último dia de sessão, prestar contas do seu trabalho, a meu ver, tem aí uma missão."

O tucano afirmou que o peemedebista deveria deixar a presidência do Senado para preservar a instituição. "Com todo o respeito ao senhor, pela figura política, pela liderança, pelos momentos importantes que viveu, especialmente na fase de transição democrática deste país, com todo o respeito, modestamente, humildemente, como um simples senador ou até mais, como um cidadão brasileiro, o apelo que faço é no sentido de colocar acima dos seus eventuais interesses de natureza política e preservação pessoal os interesses desta instituição", disse.

Em defesa do presidente do Senado, o senador Geraldo Mesquita (PMDB-AC) disse que não sente na sociedade que a crise que atinge a imagem da Casa tenha a dimensão que a imprensa repassa sobre as denúncias.

"Eu não diria aqui, senador Sarney, que não temo a opinião pública. Com ela devemos nos conciliar, mas ela não fará, em momento algum, que eu me acovarde a ponto de tentar jogar para debaixo do tapete ou esconder essa amizade que eu prezo muito. E acho que é uma das coisas mais importantes da vida, estarmos em paz com aquilo que pensamos, com aquilo que sentimos", afirmou.

Cristovam, que usou a tribuna para pedir a renúncia de Sarney nesta semana, evitou polemizar e apenas sugeriu ao presidente do Senado que envie ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva o documento com o balanço das atividades da Casa neste primeiro semestre. Ele disse que esse ato é importante em razão das palavras de Lula, que se referiu aos senadores da oposição como pizzaiolos.

"Creio que alguém precisa dizer a Lula que ele não pode dizer assim sobre o Congresso. E creio que ninguém melhor do que o presidente do Congresso para fazê-lo", disse.

Balanço

O presidente do Senado fez um balanço das medidas administrativas adotadas desde que assumiu o comando da Casa e afirmou que o Senado encerra o semestre com a pauta totalmente esgotada. Sarney destacou a votação de duas emendas à Constituição, 15 medidas provisórias e 64 indicações de nomes de autoridades para cargos no Executivo e para embaixadas.

Ele ressaltou ainda o projeto que modifica a legislação de combate ao crime, a divulgação de gastos públicos na internet e a criação de 230 varas federais da Justiça.

"Foi um semestre de intenso trabalho legislativo, que conseguimos realizar apesar das medidas provisórias e da crise política que se personificou em mim."

O presidente do Senado lamentou também que tenha perdido o apoio do DEM, mas lembrou que tem trabalhado em conjunto com o primeiro-secretário da Mesa Diretora, o senador Heráclito Fortes (DEM-PI). "Companheiro leal e decisivo em nossas deliberações.

Esse Sarney, e não só ele, mais inumeros politicos que emporcalham hoje nossa politica deveriam é serem banidos, na ocasião de fora Presidente da Republica, fez uma barbaridade com nossa economia, elevou aos céus a inflação, saiu do cargo destruido, tanto que mudou seu domicilio eleitora para se eleger Senador, e fica ai com esse ar de vitima, o brasileiro precisa melçhor sua memória eleitoral, para podermos no futura dar uma melhorada na situação, porque se depender desse pessoal que hoje rege a politica nacional, estamos perdidos.

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Eu Já Vi Esse Filme Antes


Brasileiras e Brasileiros.../Minha Gente... e assim segue o bonde na politica brasileira, memória curta, esse é o grande mal.

quarta-feira, 15 de julho de 2009

CARLOS KEIDE

NOVIDADE NA POLITICA DE ASTORGA.

DEPOIS DE UMA BREVE DESAPARECIDA DO CENÁRIO POLITICO, ESTÁ DE VOLTA O EX-PREFEITO DE Astorga e agora pré candidato a deputado estadual , Carlos Keide, fazendo dobradinha com o empresário maringaense Edmar Arruda, esse a Deputado Federal, pelo PSC.
Pra nossa região será de excelente fortalecimento politico, já que estamos no esquecimento a muito tempo.
Sempre a região almeijou um candidato que se identificasse de fato com os nossos ansêios. Isso esta sendo muito bem recebido pela população de Astorga e de toda região onde o Carlinhos já visitou fazendo contatos e divulgando sua pré-candidatura.

terça-feira, 14 de julho de 2009

Êita Senado!

O presidente do senado José Sarney, ordenou a imediata anulação de 663 atos secretos da casa e sua posterior revisão.
Uma comissão de servidores analizará cada caso e, num prazo de trinta dias apresentara relatório com providências a tomar inclusive com possiveis ressarcimentos aos cofres públicos.
A muito que o país está precisando ter a politica passada a limpo, estamos assistindo um festival de horrores, ora com escândalos proviniêntes do governo ora dos aliados e por fim da oposição, não está escapando ninguém, o que poderemos ver na condição que caminha a coisa pública é um descontentamento irreverssível, pondo em cheque todos os políticos do Brasil.
Vai chegar hora que o brasileiro terá aversão em se falar de política, esperamos que se tome uma providência com urgência, porque tal situação seria muito ruim para todos, e pior para o povo que já anda massacrado demais.

sábado, 11 de julho de 2009

Reunião do PT

Recebidos no Bife em Pé, um restaurante e ponto de encontro de amigos da cidade, localizado na saida para maringa, os petistas e amigos promeveram um encontro nessa sexta feira as 16.30h.
Recepicionando a todos estava o grande amigo João da Caixa, que como bom petista esbanjava simpatia, junto com o deputado e secretário do planejamento do Paraná ÊNIO VERRI, esclareceram que a candidata do Pt para disputar as eleições para a Presidência da República será mesmo DILMA RUSSEF, o que não é exatamente uma novidade. Comentou também que não existe a possibilidade do terceiro mandato para o presidente LULA, e que esse ano provalvelmente não haverá tempo de se resolver a questão do aumento do número de vereadores nos municípios.
O candidato a presidente do Pt no municipio de Astorga será com quase toda certeza o amigo Paulo Barbosa.
Na oportunidade observamos a presença dos amigos Mauro Ulian, Marino Martioli e muitos outros amigos e autoridades de Astorga e municípios vizinhos.

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Parabéns Pra Você

Fazendo nove anos, e recebendo os parabéns de toda familia e amigos, Carolina Santos Balarotti.
Faz pose de gente grande.
Esse é o motivo que todo pai e mãe encontra para acordar cedo e sair a campo buscando o sustento. Os filhos , esses merecem todo o nosso investimento, para que possamos continuar acreditando que um dia tudo poderá ser diferente.

Paulo Balarotti

Demontração de Coragem

ou de irracionalidade, tem coisas qe nem FREUD explica.

Feriado em São Paulo

Dólar cai a R$ 1,991 e interrompe sequência de cinco altas seguidas


Em sessão esvaziada por conta de um feriado em São Paulo, a cotação do dólar comercial encerrou os negócios desta quinta-feira em baixa de 0,99%, a R$ 1,991 na venda, suspendendo uma sequência de cinco quedas seguidas. No mês, a moeda acumula ganhos de 1,43%, mas no ano, ainda tem queda de 14,66%.

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) ficou fechada por causa do feriado. O pregão eletrônico da BM&F também não operou. Assim, as
operações de câmbio no mercado à vista foram fechadas apenas no
balcão, entre bancos.

terça-feira, 7 de julho de 2009

Ônibus Escolares

Segundo denuncia vinculada no programa CQC, rede bandeirantes, o Estado do Paraná comprou 300 micro- ônibus para entregar aos municipios, e isso só acontece quando tem festa e se aproveita o ensejo para convidar o governador e esse leva um ou mais ônibus para presentear o municipio festivo.
É preciso tratar com mais seriedade a educação, não com descaso como é hoje, esta demonstração que podemos assistir no programaCQC, deixa muito claro isso, o descaso o oportunismo politico.
Eduardo Miranda (Sociólogo) diz:" Existe motivação politica para a entrega dos veiculos".
O DR. Wlington Brasil, Procurador juridico de Barbosa Ferraz diz que o problema é vencer a burocracia, como sempre claro, se empurra tudo na"burrocracia",
A secretária da educação Yvelise Arco-Verde em defesa que responsabilidade de fazer a documentação dos ônibus não é do Governo Estadual.
Enquanto isso crianças são empilhadas aos montes nos precários tranportes escolares espalhados pelo estado do Paraná.